PSILA AFRICANA DOS CITRINOS – OBRIGATORIEDADE DE PODA E TRATAMENTO DE CITRINOS INFESTADOS

No seguimento dos trabalhos desencadeados no âmbito da prospeção fitossanitária da DRAPCentro, foi detetada a GRAVE presença de CITRINOS INFESTADOS COM A PSILA AFRICANA DOS CITRINOS - Trioza erytreae (Del Guercio),em novas freguesias do concelho de S. Pedro do Sul.

Desta informação resultou atualização da Direção Geral da Alimentação e Veterinária, com delimitação de nova Zona Demarcada, o que implica a realização de tratamento obrigatório nas freguesias de Bordonhos, Carvalhais e Candal, Manhouce, Santa Cruz da Trapa e S. Cristóvão de Lafões, S. Martinho das Moitas e href="http://www.municipiosefreguesias.pt/freguesia/3752/Covas">Covas do Rio, S. Pedro do Sul, Várzea e baiões, Serrazes e Valadares.

Assim,alerta-se para a obrigatoriedade das seguintes medidas de proteção fitossanitária: - Podar todos os ramos com sintomas, destruindo os detritos vegetais pelo fogo ou enterramento no local; - Realizar tratamentos suplementares nessas árvores e zonas circundantes com produtos fitofarmacêuticos inseticidas autorizados: EPIK SG e EPIK SL (acetamiprida). No caso de os aplicadores não possuírem cartão de aplicador, deve ser utilizado o produto de uso não profissional POLYSEC ULTRA PRONTO (acetamiprida). - É proibido o movimento de qualquer vegetal ou parte de vegetal de citrinos – ramos, folhas, pedúnculos (exceto frutos) desse local e zona
circundante até a praga ser dada oficialmente como erradicada do local. - Caso sejam observados sintomas em plantas de citrinos deverão contactar imediatamente a Direção Regional de Agricultura e Pescas do Centro.

Mais informação: bit.ly/2TGPBN3


Notícia publicada pelo Municipio de São Pedro do Sul






Ajude a divulgar!
Partilhe esta notícia no


Ou dê o seu like!