Macedo de Cavaleiros acolhe 200 expositores na maior Feira da Caça da região Norte

De 30 de janeiro a 02 de fevereiro, o setor cinegético e turístico assenta arraiais no Parque Municipal de Exposições de Macedo de Cavaleiros para participar na XXIV Feira da Caça e do Turismo e na XXVI Festa dos Caçadores do Norte. Um certame onde são esperados cerca de 200 expositores naquela que é considerada a maior feira do género na região Norte de Portugal.

Com um investimento na ordem dos 100 mil euros e a expectativa de receber cerca de 40 mil visitantes, Rui Vilarinho, vereador com o Pelouro dos Mercados e Feiras Municipais, salienta que, economicamente, este é “um evento muito importante para o concelho”. “São milhares de pessoas que visitam o nosso território, muitas das quais residentes fora da região e que, por isso, ficam cá dois a
três dias para participar nas diversas atividades programadas”, frisa.

A duas semanas do arranque da Feira, o vereador assegura que “ao nível do alojamento, tanto em Macedo como no alojamento local das redondezas, está praticamente tudo esgotado para esse fim de semana”. “São pessoas que vão gastar dinheiro cá e isso é bom para as unidades hoteleiras, para os restaurantes e para o comércio local”, diz.

Embora a Feira arranque no dia 30, os principais eventos realizam-se a partir de sexta-feira, dia em que se realiza o II Seminário Internacional de Turismo de Interior que contará com a presença da secretária de Estado do Turismo, Rita Marques, na Sessão de Encerramento e do presidente do Turismo do Porto e Norte, Luís Pedro Martins, na Sessão de Abertura.

“Este ano vamos focar o debate e análise sobretudo no futuro
do Turismo de Natureza”, refere Rui Vilarinho. Recordando que Macedo de Cavaleiros tem um grande potencial nesta área, “é fulcral perceber o que poderemos fazer para acrescentar valor e corrigir, para atrair mais pessoas para o Interior, o que é muito importante face à desertificação”. “Se não tivermos elementos atrativos as pessoas não vêm e o nosso município, com a Paisagem Protegida da Albufeira do Azibo e o Geopark Terras de Cavaleiros – Geoparque Mundial da UNESCO, tem coisas maravilhosas que as pessoas podem contemplar”.

A XXIV Feira da Caça e do Turismo conta com uma área coberta de seis mil metros quadrados no Parque Municipal de Exposições, mas vai chegar ainda a outros pontos do concelho, com a realização, por exemplo, de
montarias em Bornes, Talhas, Limãos e Salselas. Estão ainda previstas várias outras atividades como um Trail Rota do Corço, a 02 de fevereiro e a contar para a Taça Distrital de Corrida em Montanha da Associação de Atletismo de Bragança, ou o XV Raid Turístico da Feira da Caça.

Paralelamente, irá realizar-se VII Rota Gastronómica do Javali, com a participação de vários restaurantes do concelho e onde, naturalmente, o javali será o rei e senhor das ementas. O programa conta ainda com a XIII edição da Copa Ibérica de Cetraria (31 de janeiro a 2 de fevereiro) e a Corrida de Galgos (2 de fevereiro).

“Não faltam motivos para vir a Macedo de Cavaleiros no final de janeiro e estaremos de braços abertos para receber todos
aqueles que pretendam visitar-nos”, assegura Rui Vilarinho.


Notícia publicada pelo Municipio de Macedo de Cavaleiros





Ajude a divulgar!
Partilhe esta notícia no


Ou dê o seu like!