Dia Mundial da Diabetes Celebrado em Celorico de Basto

Idosos do Celorico a Mexer estiveram ontem, 14 de novembro, Dia Mundial da Diabetes, nas antigas instalações do ciclo Velho, a participar numa aula de educação física e a participar num flash Mob, como forma de consciencializar para a prevenção da Diabetes. Uma ação promovida pela Unidade Móvel de Saúde de Celorico de Basto.

Nem o frio que se faz sentir demoveu os idosos a participar numa das iniciativas promovidas no âmbito da prevenção e sensibilização para a diabetes, “uma doença que afeta muitas pessoas e que pode condicionar verdadeiramente a sua qualidade de vida por isso atuamos na sensibilização, com conselhos preventivos que incentivem a comportamentos saudáveis” disse Joaquim Mota e Silva, Presidente da Câmara Municipal de Celorico de Basto. Um trabalho de sensibilização feito pela UMS, “neste campo, a UMS tem feito um trabalho de excelência e com formas de sensibilizar cada vez mais diversificadas e que chegam verdadeiramente às
populações, mudando comportamentos”.

Neste dia, Dia Mundial da Diabetes, a sensibilização para a problemática foi mais intensa e direcionou-se ao público-alvo que acode à UMS. Estiveram presentes idosos das freguesias de Agilde, Arnoia, Borba da Montanha, Codessoso, Rego, Ribas e Veade e dos lugares de Pereira e Nespereira. Juntos fizeram uma aula de educação física orientada pela técnica Sandra Novais e terminaram a sessão com a presentação de um flash mob ao som de uma das músicas do Toy (toda a noite) com letra original criada pela UMS para sensibilizar para a diabetes.

“A música é uma excelente forma de sensibilizar para uma doença que pode surgir a qualquer momento sendo crucial uma atenção redobrada à alimentação e ao exercício físico como forma de a combater.
É uma doença grave que leva a uma perda considerável da qualidade de vida das pessoas e por isso é das doenças com mais enfoque na sensibilização” disse Joana Teixeira, técnica da UMS. Efetivamente, em Portugal são diagnosticados, diariamente, 200 novos doentes com diabetes, “é um número assustador que nos deve fazer refletir e levar os outros à reflexão” disse.

Vários dos idosos que participaram nesta iniciativa têm diabetes como nos testemunhou Maria Oliveira, de Nespereira, “é muito duro, muito difícil viver com a diabetes, condiciona muito a minha vida”.

A ação terminou com a distribuição de uma peça de fruta pelos participantes uma vez que, a Organização Mundial de Saúde recomenda como forma de prevenção para esta e outras doenças, o consumo de 400g diárias de frutas e hortaliças.

Esta atividade insere-se no mês dedicado à prevenção para Diabetes e centrado no tema “Família e Diabetes”. A ação é
promovida pela UMS de Celorico de Basto que resulta da parceria entre o Câmara Municipal de Celorico de Basto e a ARS Norte, na unidade de prestação de cuidados UCC Mãos Amigas, no Centro de Saúde de Celorico de Basto.

Até ao final de novembro, a Biblioteca Municipal continuará azul, cor que simboliza a Diabetes, e a UMS mantém a sensibilização para a saúde de combate à diabetes.

 


Notícia publicada pelo Municipio de Celorico de Basto






Ajude a divulgar!
Partilhe esta notícia no


Ou dê o seu like!