ARTISTAS DIVULGAM O SEU TRABALHO NOS ESPAÇOS CULTURAIS DE ALBUFEIRA

Os espaços culturais do concelho acolhem exposições das mais variadas manifestações artísticas. Em novembro, o destaque vai para a pintura e fotografia com mostras nas Galerias, na Biblioteca Municipal e no Arquivo Histórico.

A Galeria de Arte Pintor Samora Barros, situada no Largo Eng.º Duarte Pacheco, exibe até 27 de novembro, a mostra de pintura ”Pedaços de Mim”, de Madalena Santos. Nesta exposição, a pintora destaca momentos da sua vida, entre os anos 2009 e 2016: “É a terra, o mar, o real e o etéreo, tudo somado a muita cor e luz, em que pretendi mostrar um pouco de mim”, refere Madalena. Para ver de segunda a sábado, das 9h30 às 12h30 e das 13h30 às 17h30.

Até ao dia 30 de novembro, está patente na Galeria Municipal João Bailote a exposição de pintura “Fernando Pessoa e a Música: as outras vozes do poeta”, de ALLMES, nome artístico de
Sandra Eveline Medeiros Lima Luz Almeida. A pintora, que se dedica às tintas desde 2009, pretende provocar o público à reflexão sobre o facto de Fernando Pessoa ser um dos poetas mais musicais de sempre. A Galeria está aberta ao público de terça a sábado, das 9h30 às 12h30 e das 13h30 às 17h30. Encerra domingo, segunda-feira e feriados.

De 9 a 28 de novembro será possível contemplar as fotografias de Paulo Velosa na exposição “One More Day in Neverland”, que retratam uma viagem realizada a 13 países da América Latina. Juntamente com o gosto pelas artes, Paulo tem o gosto pela aventura e por viajar. Esta mostra de fotografia e o diário que a acompanha revelam um breve olhar sobre a viagem que fez em 2005 e que teve a duração de um ano. A exposição pode ser visitada à segunda-feira, das 12h00 às 18h00; de terça a sexta-feira, entre as 9h30 e as 19h15; e aos sábados
das 10h00 às 16h00.

O Arquivo Histórico continua a exibir a exposição "Albufeira, por Artur Pastor", que estará patente até ao dia 16 de dezembro. A exposição é centrada no fotógrafo de referência Artur Pastor que estabeleceu com o território algarvio, e em particular, com Albufeira, uma relação especial. Vinte anos após Artur Pastor ter realizado a sua última exposição, pretende-se mostrar parte do seu percurso e prestar uma homenagem ao legado que deixou para o concelho de Albufeira. Cada uma das imagens apresentadas transporta não só a visão de Artur Pastor, mas o encontro de várias histórias, que ajudam a compreender e a interpretar a paisagem, a arquitetura, as pessoas e os modos de vida de Albufeira. O Arquivo está aberto das 9h00 às 12h30 e das 13h30 às 17h00, de segunda a sexta-feira.


Notícia publicada pelo Municipio de Albufeira






Ajude a divulgar!
Partilhe esta notícia no


Ou dê o seu like!